Lugares por Beagá: projeto resgata a tradição gastronômica belo-horizontina

Lugares por Beagá

Por:Turismo de Minas
Notícias

13

set 2021

Atualizado em: 16/09/2021 ás 12:08

Trabalho será lançado com minidocumentários e um mapa culinário com 13 estabelecimentos mais antigos de Belo Horizonte

O projeto Lugares por Beagá passeia pela história dos tradicionais bares e restaurantes de Belo Horizonte. São estabelecimentos perpetuados por gerações, carregados de memória afetiva, donos de tesouros em sabores, temperos e aromas. Experiências que só se vivem aqui. O projeto é um percurso pelos 13 estabelecimentos mais antigos da cidade, todos com mais de 50 anos e ainda em funcionamento, incluindo dez bares e restaurantes, e três pontos famosos pela especialidade culinária (balas e doces, sorvetes e um suco refrescante).

O trabalho será lançado em 17 de setembro, com uma live especial pelo canal do youtube do Lugares Viagens, com apresentação de Bernardo Cançado e Renata Urbano, do Instagram @OnceVaiBH e colunistas de gastronomia da rádio Band News BH, e do chef de cozinha Edson Puiati, coordenador da Frente da Gastronomia Mineira, consultor e professor universitário, além de criador da Semana da Gastronomia Mineira. A idealização do evento é dos empresários Luana Bastos e Marden Couto, do portal Lugares Viagens, que fizeram toda pesquisa e curadoria do projeto. O evento tem o patrocínio da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur.

No lançamento, os apresentadores trarão o contexto histórico e gastronômico da cidade e do bairro na época de cada inauguração, lembrando o caminho das famílias à frente dos estabelecimentos, os pratos mais pedidos, os frequentadores assíduos e uma lista infinita de curiosidades. Um conteúdo rico e singular, sobre uma história que merece ser evidenciada.

Marden Couto e Luana Bastos

 

Estabelecimentos gastronômicos mais antigos de BH

Lalka (1925)

Sorveteria São Domingos (1929)

Tip Top (1929)

Café Bahia (1937)

Tradicional Limonada (1938)

Café Palhares (1938)

Café Nice (1939)

Mercearia Lili (1949)

Maria das Tranças (1950) 

Bolão (1961) 

Cantina do Lucas (1962)

Nono Rei do Caldo de Mocotó (1964)

Bar do Antônio (1964) 

 

BH – Cidade Criativa da Gastronomia

Cafezinho, pão de queijo, e um dedo de prosa. À mesa, toda a identidade da cultura mineira, seja pelos quitutes, seja pelos encontros. A gastronomia de Minas Gerais acolhe. E em Belo Horizonte não poderia ser diferente. Carrega o título de cidade criativa da gastronomia, concedido pela Unesco em 2019, e é também chamada capital dos bares. Não é à toa. BH sintetiza as peculiaridades do estado, é uma grande vitrine das tradições regionais. Um lugar pujante, e uma personalidade histórica e cultural que muito passa pelo ambiente preferido dos mineiros: a cozinha.

Assim como enaltece o design, a moda, a arquitetura, a literatura, a arte, a música, a ciência e a tecnologia, tudo sempre em um movimento de renovação, BH também é um importante polo da gastronomia. A expressão que virou letra de música “já que não tem mar, vou para o bar” é uma máxima que se encaixa no perfil da cidade, alegre pelos momentos de congraçamento nas mesinhas pelas calçadas, a comida boa e farta. Na baixa ou na alta gastronomia, no fast food ou na receita que é feita devagar, a culinária mineira aqui se reinventa e frutifica, em cada expressão com um encanto próprio. Daqui saíram chefs famosos, aqui estão restaurantes de diferentes nacionalidades, aqui também é terra de importantes festivais culinários.

Afinal, quando se fala das origens gastronômicas, entra-se pelo jeito belo-horizontino e mineiro de ser. Não é apenas o prato que está sobre a mesa. Por trás, saberes e sabores que lembram a miscigenação de povos e culturas, à medida que experimentavam as circunstâncias de cada tempo. Misturas que criaram a linhagem de uma população que se encontra na cozinha, o templo maior para celebrar a vida. Tem pratos e quitutes que só se encontram na cidade. Outros já voaram pelo mundo.

Marden Couto, Luana Bastos, Bernardo Cançado e Renata Urbano

 

SERVIÇO

LUGARES POR BEAGÁ

Lançamento: 17 de setembro, de 19h às 22h

Informações: http://lugaresporbeaga.com.br/ 

Compartilhe:

Comentários

  1. Luis Goes disse:

    Amigo Marden.
    Sua equipe nao mencionou o Bar dos Pescadores que completou 90 anos.
    Se quiser detalhes, entre em contato comigo. Bom dia.

  2. Excelente meu caro Marden e Luana

  3. Robinson disse:

    ESPETACUAR a ideia!
    Quero participar de todos!
    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Rua Marechal Bitencourt, 199, apto 901 - Gutierrez Belo Horizonte/MG - 30441-114

(31) 99681-1337

contato@turismodeminas.com.br